1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

EUA, Japão e Coreia do Sul mantém portas abertas para diálogo com Pyongyang


EUA - Os três países mantiveram a porta aberta para o diálogo com a Coreia do Norte, insistindo que não têm "intenção hostil" em relação ao país ao afirmar sua solidariedade para lidar com a ameaça de mísseis de Pyongyang.


As conversas trilaterais em Honolulu ocorreram depois que Pyongyang realizou uma série de testes de mísseis desde o início do ano e sugeriu que pode reiniciar os testes de mísseis balísticos nucleares e intercontinentais.


O secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse após as conversas com o ministro das Relações Exteriores do Japão, Yoshimasa Hayashi, e o ministro das Relações Exteriores da Coreia do Sul, Chung Eui Yong, que os três países "permanecem abertos ao diálogo sem pré-condições", expressando esperança de que o líder norte-coreano Kim Jong Un responda ao oferta de diálogo.


"Discutimos maneiras de aprofundar a cooperação trilateral para deter a RPDC, limitar o alcance de suas armas mais perigosas (e) nos defender contra suas provocações ou uso da força", disse Blinken em uma coletiva de imprensa conjunta no Havaí.


Os três disseram em um comunicado conjunto divulgado após a reunião que não têm "intenção hostil" em relação a Pyongyang e se comprometeram com "estreita cooperação trilateral para alcançar a desnuclearização completa e a paz duradoura na Península Coreana".