1/3

Limite de 10 mil pessoas estão permitidas em Hokkaido nas Olimpíadas


JAPÃO - As competições olímpicas de Tóquio na ilha principal de Hokkaido, no extremo norte do Japão, serão realizadas para um máximo de 10.000 espectadores durante o dia, disseram os organizadores na sexta-feira, um dia depois de decidir realizar os jogos a portas fechadas em quase todos os locais devido ao aumento repentino casos de coronavirus.


O comitê organizador dos jogos disse que o Sapporo Dome, uma das sedes do futebol masculino e feminino, permitirá até 10.000 pessoas ou 50% de sua capacidade, o que for menor, em sessões ou horários que começam durante o dia.


Embora o comitê tenha afirmado que não elaborou uma política de espectadores para eventos que acontecem após as 21h, o governador de Hokkaido, Naomichi Suzuki, disse que solicitou que eles fossem mantidos sem espectadores em um esforço para evitar a disseminação do coronavírus.


Na quinta-feira, o comitê e outros órgãos organizadores concordaram em realizar as Olimpíadas sem espectadores em Tóquio e nas prefeituras vizinhas de Saitama, Chiba e Kanagawa, depois que o governo japonês decidiu colocar novamente a capital em estado de emergência COVID-19.


Além de Hokkaido, as prefeituras de Miyagi, Fukushima e Shizuoka também permitirão espectadores em geral.


O comitê organizador disse que divulgará os resultados de uma nova loteria no sábado para sete sessões - softbol e beisebol em Fukushima e partidas de futebol em Hokkaido e Miyagi - que ultrapassaram o limite de 10.000 participantes.


Enquanto Hokkaido também sediará a maratona masculina e feminina e as provas de marcha atlética entre 5 e 8 de agosto, os organizadores já solicitaram que o público evite se reunir ao longo do percurso.