top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Ex-funcionário do METI de Tóquio é condenado a 10 anos de prisão por agressão sexual

O Tribunal Distrital de Tóquio condenou na segunda-feira um ex-burocrata de carreira da pasta do comércio do METI a 10 anos de prisão por agredir sexualmente seis mulheres após drogá-las com comprimidos para dormir.


Dai Sato, 34 anos, estuprava ou apalpava as mulheres em hotéis ou restaurantes de Tóquio depois de misturar suas bebidas entre julho e dezembro de 2022, de acordo com a sentença.


O juiz Yoshihisa Nakao disse que os crimes foram "perigosos e nefastos" e refletiu sobre o fato de Sato ter feito acordos com três das vítimas. Sato foi demitido em maio do ano passado, após admitir algumas das acusações.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page