top of page
1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Filial taiwanesa da Starlux afirma ter recebido ameaça de bomba em voo de Taiwan ao Japão


TAIWAN - A filial da Starlux Airlines disse que um voo de 2 de janeiro de Taipei para o aeroporto de Narita, em Chiba, estava sujeito a uma ameaça de bomba.


O desenvolvimento ocorre depois que um voo doméstico saindo de Narita para Fukuoka fez um pouso de emergência no sábado em um aeroporto em Aichi após uma ameaça alegando que uma bomba havia sido plantada na aeronave.


Uma busca policial no avião Starlux após sua chegada não encontrou objetos suspeitos, disse a companhia aérea. A polícia está investigando se os dois casos estão ligados sob suspeita de obstrução forçada de negócios.


A Starlux disse que a operadora do aeroporto de Narita, recebeu uma ligação alegando que uma bomba havia sido plantada no voo e exigindo dinheiro. O interlocutor falou em inglês.


A partida do voo subsequente da companhia aérea para Taipei foi atrasada em cerca de uma hora e meia devido a verificações policiais após o pouso.


No caso da Jetstar no sábado, o centro de informações do aeroporto de Narita recebeu uma ligação em inglês às 6h18 alegando que uma bomba havia sido plantada em um voo que decolou às 6h36.


A aeronave foi desviada depois que o operador do aeroporto informou sobre a ameaça à companhia às 6h53 da manhã.


Vários passageiros sofreram ferimentos leves ao evacuar através dos escorregadores infláveis do avião após seu pouso no aeroporto de Chubu, região aichiana.


O operador de Narita se recusou a comentar se a ligação de 2 de janeiro ocorreu, citando "razões de segurança". Em relação ao compartilhamento de informações com a Jetstar no caso de sábado, ele disse: "Achamos que fizemos todo o possível em nossa resposta".

bottom of page