1/3

Foi descoberto que pai pode ter tentado suicídio com os filhos no carro


FUKUOKA - A polícia disse no sábado que encontrou briquetes não usados ​​em um carro alugado no sudoeste do Japão por um homem de 41 anos que é suspeito de matar seus três filhos, o que os leva a acreditar que ele possa ter planejado cometer um assassinato suicida.


De acordo com a polícia, o homem alugou um carro na cidade de Fukuoka no dia 18 de fevereiro e deveria devolvê-lo na segunda-feira passada. No entanto, ele foi descoberto em uma instalação comercial na província de Miyazaki na quinta-feira.


Queimar carvão em um espaço fechado, como um quarto ou um carro, é um método comum de suicídio no Japão.


As descobertas foram feitas depois que a polícia descobriu os corpos de seus três filhos - um menino de nove anos em um apartamento em Iizuka, província de Fukuoka, e um menino de três anos e uma menina de dois anos em um hotel na cidade de Kagoshima.


Os três filhos moravam com o homem no apartamento em que o corpo do filho mais velho foi encontrado na quinta-feira.


Na sexta-feira à noite, os investigadores invadiram um quarto de hotel em Kagoshima, onde o homem e as duas crianças menores estavam hospedados desde quarta-feira, segundo a polícia.


O pai saltou do quarto andar para o chão, sofrendo ferimentos no torso, informou a polícia. Nenhum outro detalhe sobre sua condição estava imediatamente disponível.


No quarto do hotel, que fica a cerca de 230 quilômetros ao sul de sua casa, os investigadores encontraram os corpos das duas crianças com feridas visíveis, junto com uma nota de suicídio, informou a polícia.


Mais cedo, a polícia disse que a autópsia do menino encontrado morto na quinta-feira não foi conclusiva quanto à causa da morte. Ele estava morto há cerca de uma semana sem ferimentos visíveis em seu corpo.