1/3

Funa Tonaki, do judô, fatura a primeira medalha olímpica nos jogos


JAPÃO - A judoca Funa Tonaki foi derrotada por Distria Krasniqi, de Kosovo, na final feminina de até 48 quilos, no sábado. A medalha de prata foi a primeira do país anfitrião nas Olimpíadas de Tóquio.


Tonaki, de 25 anos, que fazia sua estreia olímpica após terminar como vice-campeã mundial de Tóquio em 2019, perdeu por uma técnica waza-ari uchi-mata para Krasniqi, medalhista mundial de bronze de 2019 com 48 kg, em Nippon Budokan.


O campeão mundial de 2017 atacou no início contra o número 1 do mundo Krasniqi, que também buscou lutar na frente. Com os dois judocas buscando ippon em uma disputa agressiva, Krasniqi fez a descoberta nos momentos finais do regulamento.


Tonaki avançou para a disputa pela medalha de ouro depois de derrotar o ucraniano Daria Bilodid na semifinal e vencer por ippon. A vitória pelo placar de ouro vingou a derrota de Tonaki para o ucraniano na final do campeonato mundial de 2019 em Tóquio.


Tonaki implantou uma barra lateral para marcar um ippon contra a medalhista de ouro olímpica do Rio de Janeiro Paula Pareto nas quartas de final. Bilodid e o mongol Urantsetseg Munkhbat conquistaram medalhas de bronze ao derrotar a israelense Shira Rishony e a portuguesa Catarina Costa, respectivamente.