top of page
1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Funcionário de empresa de correios é preso por stalkear mulher em Tóquio


TÓQUIO - Um homem de 38 anos de uma empresa de correios foi preso acusado de violar a Lei de Regulamentação de Perseguição por chamar repetidamente uma mulher na casa dos 30 anos, morando em Tóquio em setembro deste ano. Ele disse aos investigadores que reconheceu seu nome a partir dos dados de entrega.


O acusado foi identificado como Tetsunobu Toki, de 38 anos, funcionário da Sagawa Express, que trabalha em um escritório de vendas em no bairro Minato.


De acordo com a Polícia Metropolitana, ele é acusado de ligar repetidamente para o telefone celular de uma mulher na casa dos 30 anos, que mora em Tóquio oito vezes em setembro.


As ligações foram feitas de forma confidencial e o interlocutor dizia coisas como "Vamos a um encontro".


O smartphone do funcionário também continha um histórico de buscas na Internet pelo nome da mulher.


O funcionário confessou as acusações e declarou que não conhecia a mulher, mas reconheceu seu nome pelos dados de entrega, e que o havia feito inúmeras vezes a outras pessoas durante os últimos cinco anos.


A polícia investiga o caso como stalker, acreditando que o funcionário tenha usado indevidamente o histórico do cliente.


A Sagawa Express diz: "Estamos cientes de que o funcionário foi preso, mas ainda estamos confirmando os detalhes".

bottom of page