1665608300863.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

1665857330426.png
1665857427662.png

1/4
Buscar

Governo de Okinawa solicita fechamento das escolas até dia 20


OKINAWA - O governo de Okinawa emitiu uma solicitação aos municípios que fechem as escolas primárias e secundárias na tentativa de controlar a propagação do coronavirus entre as crianças. 21 municípios aderiram ao pedido além do fechamento de escolas do nível médio entre 7 a 20 de junho.


Em coletiva de imprensa, o conselho de educação dos municípios anunciou na noite desta sexta, dia 4, que as escolas de Itoman, Kin e Yaese foram as primeiras a fechar as portas dos estabelecimentos estudantis.


As cidades de Naha, Ginowan, Nago, Okinawa, Tomigusuku, Uruma, Nanjo, Yomitan, Kateno, Kitaya, Nishihara, Haebaru além dos vilarejos de Onna, Ginoza, Kitanakagusuku e Nakashiro irão fechar no dia 8. No dia 9 Urasoe e Miyakojima fecharão as portas a partir do dia 9.


Ishigaki, que emitiu sua própria emergência fechou as portas na última quarta, dia 2 e reabrirá no dia 13.


Por outro lado a Vila de Nakijin e a cidade de Motobu retomarão as aulas pela manhã na próxima segunda, dia 8. Porém o horário será reduzido, com os alunos sendo liberados durante a tarde.


Nos demais vilarejos como Kunigami, Ogimi, Higashi, Ie, Tokashiki, Zamami, Aguni, Tonaki, Minamidaito, Kitoito, Iheya, Izena, Kumejima, Tarama, Taketomi e Yonaguni, as aulas seguem normalmente.


Em resposta a um pedido da Prefeitura de Okinawa para fechar a escola, o conselho de educação da prefeitura anunciou que todas as escolas da província serão fechadas por duas semanas, de 7 a 20 da próxima semana.