1/3

Governo libera ¥385 bi para o combate a pandemia


TÓQUIO - O primeiro-ministro Yoshihide Suga decidiu na sexta-feira gastar mais 385,62 bilhões de ienes (US $ 3,7 bilhões) em fundos de reserva para combater a pandemia do coronavírus, usando a maior parte da quantia para estender o "Go To Travel".


O governo estenderá a campanha "Go To Travel" por mais cinco meses além de sua data de término original no final de janeiro, a fim de apoiar a indústria do turismo atingida pelo vírus e sustentar a economia japonesa. Mas alguns especialistas culpam o programa pelo recente aumento acentuado no número de infecções domésticas.


Os gastos emergenciais incluem 311,93 bilhões de ienes para estender o programa, que foi lançado em julho e oferece descontos para incentivar as pessoas a viajarem dentro do país.

O governo também reservou 73,69 bilhões de ienes para dar ajuda adicional a pais solteiros de baixa renda.


O governo reservou um total de 11,5 trilhões de ienes em fundos de reserva sob seus dois orçamentos extras para o ano fiscal de 2020 até março próximo, para lidar com os efeitos colaterais da pandemia. Após a decisão de sexta-feira, 6,89 trilhões de ienes permanecem nos fundos.