1/3

Gunma planeja instalar centros de vacinação em dois hospitais


GUNMA - Em relação a vacinação, a Prefeitura de Gunma está visando montar duas instalações nacionais na cidades de Takasaki e Shibukawa com antecedência para vacinação de profissionais médicos, e nesta fase são esperadas cerca de 800 pessoas.


A nova vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Pfizer chegou ao Japão e, após a aprovação oficial do Ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, a previsão é que a vacinação antecipada dos profissionais médicos já comece em meados da próxima semana.


Com relação a isso, a prefeitura esclareceu a meta atual e o cronograma para a inoculação do departamento médico de Gunma.


De acordo, a vacinação antecipada é para equipes médicas de duas organizações hospitalares nacionais, "Centro Médico Geral de Takasaki"e "Centro Médico de Shibukawa Medical Center", que lidam com pessoas infectadas, e neste estágio. São esperadas 800 pessoas.


Em seguida, na inoculação que visa os profissionais de saúde que permanecerem, planejam-se começar a prospecção em meados do próximo mês, além de médicos e enfermeiras, equipe e estudos epidemiológicos em postos de saúde públicos, inclusive como bombeiros envolvidos no transporte emergencial de pacientes, o que resultam em 72.000 pessoas.


Ao mesmo tempo, a implantação de freezers de ultrabaixa temperatura para armazenamento de vacinas teve início nesta quinta e será implantado sequencialmente nas principais instalações de inoculação da prefeitura até o dia 18 na próxima semana.