1/3

Hamaguchi do Japão ganha melhor roteiro em Cannes por "Drive My Car"


FRANÇA - O cineasta japonês Ryusuke Hamaguchi e o roteirista Takamasa Oe ganharam o Melhor Roteiro no Festival Internacional de Cinema de Cannes no sábado por seu trabalho "Drive My Car", tornando-se os primeiros japoneses a ganhar o prêmio.


Um drama melancólico e taciturno que dura três horas, o filme é baseado em um conto homônimo do romancista Haruki Murakami.


O filme conta a história de um ator e diretor de teatro em luto que encontra consolo em uma jovem que ele contrata como motorista após a morte de sua esposa. Seu personagem principal é interpretado pelo ator japonês Hidetoshi Nishijima.


A diretora francesa Julia Ducournau ganhou a prestigiosa Palma de Ouro por seu filme "Titane", tornando-se a segunda cineasta a ganhar o prêmio principal.


"A primeira pessoa a quem devo agradecer é o escritor do trabalho original, Haruki Murakami", disse Hamaguchi em um discurso de aceitação do prêmio. "Eu acredito que (o roteiro) foi elogiado porque aqueles que atuaram no filme fizeram um ótimo trabalho."


No início deste ano, Hamaguchi, 42, também levou para casa o Grande Prêmio do Júri Urso de Prata no 71º Festival Internacional de Cinema de Berlim por seu filme "Guzen to sozo" (Roda da Fortuna e Fantasia), uma coleção de três contos sobre acaso e coincidência , cada um girando em torno de uma mulher.


O último vencedor japonês da Palma de Ouro foi o diretor Hirokazu Koreeda, que ganhou o prêmio em 2018 por seu filme "Shoplifters". A história de amor de Hamaguchi, "Netemo Sametemo (Asako I e II)", também foi selecionada para a competição daquele ano.


O 74º festival de cinema de Cannes, cancelado no ano passado, foi realizado de 6 a 17 de julho, após ter sido adiado para maio devido à pandemia de coronavírus em curso.