1/3

Hiroshi Ogawa renuncia ao cargo de governador da prefeitura


FUKUOKA - O governador, Hiroshi Ogawa, de Fukuoka convocou uma coletiva de imprensa na madrugada brasileira deste domingo para declarar que está renunciando ao cargo ao qual exercia desde abril de 2011.


O governador que está hospitalizado por câncer, decidiu renunciar para se dedicar ao tratamento. Ogawa deu entrada no Hospital da Universidade de Kyushu no dia 20 do mês passado. Ele havia recebido alta em dezembro do ano anterior, devido a sintomas de tosse e falta de ar.


O magistrado foi diagnosticado com adenocarcinoma primário do pulmão, um tipo de câncer que se origina nos tecidos glandulares, formados por células com capacidades de secretar substâncias para o organismo.


Em virtude de seu engajamento com a saúde, o Hiroshi Ogawa de 71 anos renunciou ao cargo e deu o lugar ao seu vice, Hattori que assume até abril deste mesmo ano. A Assembleia da Prefeitura de Fukuoka está fazendo ajustes para anunciá-la nesta segunda, quando for inaugurada.


Depois de ingressar no antigo Ministério de Comércio Internacional e Indústria, depois de trabalhar como Comissário do Escritório de Patentes e Secretário de Relações Públicas do Gabinete, ele foi eleito pela primeira vez na eleição de governador de Fukuoka em 2011, e atualmente estava no terceiro mandato.


Se o pedido de renúncia do governador Ogawa for submetido ao presidente da assembleia municipal, o presidente notificará o comitê de administração eleitoral da província.


De acordo com a Lei Eleitoral de Cargos Públicos, a eleição do governador será realizada em até 50 dias a partir do dia em que a comissão de administração eleitoral da prefeitura receber o aviso de renúncia.