1/3

Homem é preso por bisbilhotar vestuário feminino em escola


YAMAGATA - Um homem de 30 anos que vive na cidade de Sagae foi preso por suspeita de invadir uma sala de clube de um clube esportivo para meninas do ensino médio.

O homem afirmou que havia invadido outras salas de clubes do ensino médio e estava tirando fotos.


A prisão foi feita por Shohei Aoyagi (30), um funcionário do grupo que vive na cidade de Niiyama, na cidade de Sagae.


De acordo com a polícia, o suspeito Aoyagi era suspeito de invadir o prédio porque havia invadido a sala do clube atlético de uma escola no distrito de Murayama, à meia-noite do início do mês passado.


Essa sala é usada como um vestiário para as alunas, e Aoyagi confessou o crime dizendo: “Eu queria satisfazer meu desejo sexual. Eu estava filmando. "


Isso significa que os funcionários da escola, que notaram que a imagem na sala do clube foi postada no SNS, não estavam trancados naquele momento e chamaram a polícia.


A polícia investiga os detalhes do crime analisando o smartphone e, ao mesmo tempo, está investigando o crime.


Fonte: NHK e The Yamagata Shimbun