1/3

Homem foragido é encontrado e preso em Okinawa


JAPÃO - Alguns apostavam que ele teria fugido para algumas redondezas perto de Tóquio, outros diziam que possivelmente estaria no centro do Japão, mas certamente ninguém imaginaria que ele estivesse no extremo sul do Japão.


Um homem procurado pela polícia após um ataque com ácido no início da semana em uma estação de metrô de Tóquio foi preso no sábado na prefeitura de Okinawa, no extremo sul, disseram fontes investigativas.


Hirotaka Hanamori, 25, é suspeito de jogar ácido sulfúrico em um homem de 22 anos na estação Shirokane-takanawa do metrô de Tóquio, no bairro de Minato, na capital, na noite de terça-feira.


O suspeito se recusa a responder a perguntas sobre as alegações do interrogatório policial, disseram as fontes.


Hanamori, que mora na cidade de Shizuoka, no centro do Japão, jogou ácido enquanto o homem subia em uma escada rolante, causando ferimentos nos olhos. O suspeito e a vítima se conheceram na faculdade, segundo a polícia.


Uma mulher na estação de metrô também foi queimada depois de escorregar no ácido que Hanamori usou no ataque, disse a polícia anteriormente.


Ele foi visto em uma câmera de segurança ao redor do escritório da vítima em Tóquio no dia do ataque, disseram as fontes. Depois de fugir do local, Hanamori voltou para sua casa em Shizuoka mais tarde naquele dia, disseram eles.


A polícia estava rastreando seu paradeiro depois que ele foi visto por uma câmera de segurança na estação de Shizuoka na tarde de quarta-feira.