1/3

Homem preso por supostamente ferir o médico por solicitação de máscara

OKAYAMA - Um homem de 68 anos foi preso na segunda-feira por supostamente ferir um médico que lhe pediu para não usar sua máscara facial no queixo em um hospital na província de Okayama, oeste do Japão, disse a polícia.


Tatsuo Shimizu, da cidade de Okayama, foi citado pela polícia como tendo dito: "Tive uma briga (com o médico), mas não usei violência".


Shimizu é suspeito de agarrar o médico na região do peito, resultando em um ferimento leve, no dia 25 de janeiro, segundo a polícia.


Shimizu, que estava visitando o hospital para um check-up, perdeu a paciência depois que o médico de 34 anos o viu usando sua máscara no queixo e pediu-lhe que a usasse adequadamente, disse a polícia.


O médico relatou o incidente à polícia em 28 de janeiro.


Enquanto muitos no público usam máscaras para evitar a disseminação do novo coronavírus, os especialistas médicos recomendam que as pessoas as usem de maneira adequada para maximizar a eficácia.


Deslizar a máscara até o queixo aumenta o risco de infecção porque leva os agentes patogênicos aderidos ao rosto à boca quando a máscara é puxada de volta, dizem eles.