1/3

Hotel no centro de Tóquio sofre críticas ao separar elevadores entre japoneses e estrangeiros


JAPÃO - Um hotel no centro de Tóquio postou avisos "apenas para japoneses" e "apenas para estrangeiros" em frente aos elevadores em uma tentativa de intensificar as medidas contra o coronavírus antes das Olimpíadas, mas os removeu após enfrentar críticas, disseram autoridades do hotel no domingo.


O Akasaka Excel Hotel Tokyu "não tinha intenção de discriminar" os estrangeiros, e as notificações visavam apenas separar o fluxo de movimentos de convidados relacionados aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio do de convidados em geral, disse um dos funcionários, acrescentando: "Pedimos desculpas por ter causado mal-entendido."


O hotel na cidade de Chiyoda recebeu uma enxurrada de críticas na internet de que estava discriminando estrangeiros depois de publicar avisos para dividir o uso de seus quatro elevadores em duas unidades para japoneses e outras duas para estrangeiros.


A medida foi baseada em diretrizes fornecidas pelo comitê organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos para evitar a disseminação da doença, disseram as autoridades.


Alguns hóspedes japoneses perguntaram ao hotel se eram proibidos de usar elevadores marcados como "somente para estrangeiros", disseram eles.


Alguns participantes dos jogos estão programados para ficar no hotel, localizado próximo ao prédio do parlamento e do Palácio Imperial.