1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Idosa que obteve bacteria O157 ao comer "yukhoe" em Uji, morre no hospital


QUIOTO - Uma mulher na casa dos 90 anos, que comeu um chamado "yukhoe", um bife de vaca raro da culinária coreana, pedido pelo celular, reclamou de dor abdominal e foi diagnosticada com O157, e morreu no hospital onde foi internada nesta quinta.


De acordo com o governo local, a idosa foi hospitalizada após sofrer sintomas como diarréia e dores abdominais no último dia 27.


Em um exame posterior, ela foi diagnosticada como infectada com O157 e morreu na manhã desta quinta, dia 15.


A O157 é um tipo de bacteria da Escherichia Coli apresenta-se mais virulenta e com maior taxa de letalidade. Algumas linhagens da bactéria causam infecção ao aderirem-se às paredes intestinais, enquanto outras liberam um tipo de toxina específico.


De acordo com o governo da província, além da mulher, um total de 22 pessoas que compraram e comeram a comida no restaurante tiveram diarréia e outros sintomas, e o governo da província ordenou que o restaurante suspendesse as operações por cinco dias a partir do último dia 6.


Quioto emitiu um aviso às crianças pequenas e aos idosos para evitar comer carne crua e outros alimentos que possam causar infecção.