1/3

Incêndio florestal em Utsunomiya finalmente é apagado


TOCHIGI - Um incêndio florestal que eclodiu no final de fevereiro em uma montanha ao norte de Tóquio foi finalmente extinto depois de queimar cerca de 106 hectares, disse o governo local na segunda-feira.


Com os bombeiros apontando para a possibilidade de um caminhante ter causado o incêndio em Ashikaga, província de Tochigi, o prefeito Satoshi Izumi disse em uma entrevista coletiva que espera implementar medidas como "regulamentos que impeçam as pessoas de fumar nas montanhas". O incêndio não causou ferimentos ou danos às casas locais.


Dadas as sérias consequências que os moradores podem sofrer se o incêndio voltar a acontecer, Izumi disse que fez o anúncio depois que as autoridades locais se certificaram de que o fogo havia diminuído.


Os helicópteros lutaram para combater o incêndio que começou em 21 de fevereiro devido aos fortes ventos. O fogo se espalhou em direção às casas em algumas áreas.


As autoridades emitiram avisos de evacuação para cerca de 305 casas em um ponto, e a Força de Autodefesa Terrestre foi chamada para ajudar.


O incêndio fez com que algumas escolas e estradas perto da montanha fossem temporariamente fechadas.


De acordo com a prefeitura, um alpinista primeiro avistou o incêndio em uma área florestal próxima à montanha que possui uma conhecida trilha de caminhada e ligou para os serviços de emergência.