1/3

Inoue nocauteia Dasmarianas e mantém reinado de 21 combates sem perder o cinturão


EUA - Naoya Inoue do Japão cruzou para outra defesa de seus títulos mundiais galo do IBF e WBA sábado, nocauteando Michael Dasmarinas das Filipinas em três rodadas para melhorar para 21-0 com 18 KOs.


Inoue, apelidado de "O Monstro", enviou Dasmarinas para a tela com um tiro no corpo no segundo turno antes de pousar mais dois no terceiro para despachar o desafiante do IBF em primeiro lugar.


O jovem de 28 anos estendeu seu recorde japonês de vitórias consecutivas pelo título mundial para 16, ao mesmo tempo em que alcançou o recorde nacional em 14º KO consecutivo pelo título mundial.


"(Dasmarinas) não saiu tanto quanto eu esperava, começando a luta tentando manter a distância", disse Inoue, que defendeu seu título WBA pela quinta vez e coroa IBF pela terceira vez no Virgin Hotels Las Vegas.


"Achei que demoraria um pouco para nocauteá-lo (atacando sua cabeça), então mudei para o corpo."


Inoue manteve o canhoto Dasmarinas ao seu alcance, usando a primeira rodada para avaliar seu oponente antes de desencadear seu primeiro golpe feroz no segundo.


Ele infligiu mais danos na rodada ao acertar golpes pesados ​​com a esquerda antes de terminar o trabalho na terceira, pavimentando Dasmarinas duas vezes de forma semelhante.


"Eu pude senti-lo estremecer quando eu consegui o primeiro. De lá, eu poderia lutar no meu ritmo", disse Inoue, cuja vitória anterior foi em 31 de outubro do ano passado no MGM Grand Conference Center, em sua estreia em Vegas.


O nocaute na sétima rodada do desafiante australiano Jason Moloney, no entanto, ocorreu a portas fechadas em meio à pandemia de coronavírus, e Inoue ficou feliz em sentir a sensação da multidão de Vegas.


"Os aplausos proporcionaram uma atmosfera mais festiva, diferente do Japão", disse Inoue, campeão mundial de três pesos, tendo também sido campeão peso mosca leve e super mosca WBC no início de sua carreira.


O recorde das Dasmarinas caiu para 30-3 com 20 KOs e um empate.


O campeão do WBC Nonito Donaire e o titular do cinturão do WBO John Riel Casimero estiveram presentes no local para testemunhar outra vitória de Inoue. Os dois boxeadores das Filipinas se enfrentarão em uma luta de unificação do título em Los Angeles em 14 de agosto.


"Fazer minha presença ser sentida (por eles) foi definitivamente uma (intenção)", disse Inoue, que derrotou o Donaire por decisão unânime em novembro de 2019.


"É necessário unificar quatro organizações para se tornar o nº 1 (no peso galo). Estou quase lá."