1/3

Irmãs criam jaula de evacuação para gatos em Soka


SAITAMA - Duas irmãs desenvolveram uma gaiola de evacuação de gatos projetada para garantir que animais de estimação e seus donos não sejam deixados para trás durante desastres naturais.


A gaiola, chamada “Isshoni !! Hinyan ”, é oferecido pela Neko no Tobira (Cat's door), uma empresa fundada em março de 2019 pelas irmãs Hatsuko Yamashita, 59, e Nobuko Motoyama, 54.


“Muitos donos de animais de estimação foram a centros de evacuação sem pensar muito e ficaram perdidos quando foram rejeitados (por causa dos animais de estimação)”, disse Motoyama.


As irmãs têm ajudado a cuidar de gatos abandonados como voluntárias. Eles decidiram criar a gaiola de evacuação depois de ver cães e gatos de estimação sendo deixados em suas casas durante os desastres.


Após dois anos de tentativa e erro, eles usaram plástico corrugado para a gaiola. O produto final é dobrável e bastante leve. A gaiola está equipada com vários recursos para reduzir o estresse, incluindo ocultar o gato de olhos externos e permitir a entrada de luz pelas janelas.


“Os gatos podem (entrar em pânico) e escapar de suas gaiolas quando são colocados em um ambiente desconhecido”, disse Yamashita.


Yamashita incentiva os donos de gatos a deixarem seus animais de estimação se acostumarem com suas gaiolas em horários normais e a verificar se os centros de evacuação em suas áreas permitem animais de estimação.


“Alguns donos de animais de estimação optam por não evacuar e decidem ficar em suas casas com seus animais de estimação, possivelmente porque têm medo de interagir com outras pessoas”, disse ela. “Salvar animais de estimação pode salvar pessoas.”


Após o Grande Terremoto e tsunami no Leste do Japão, o Ministério do Meio Ambiente compilou diretrizes em 2013 para o cuidado de animais de estimação durante desastres. As diretrizes incentivam os proprietários a evacuar com seus animais de estimação, mantê-los em gaiolas e tomar outras medidas necessárias.


A gaiola de evacuação foi lançada em dezembro por 19.800 ienes ($ 189).


Notícia divulgada pelo Jornal Asahi