1/3

J League adia incluir aumento de público em virtude dos números de casos subirem


JAPÃO - A J League repensou no caso e viu que não estava em uma boa hora de repor o público inteiro de volta aos estádios.


A J-League decidiu segunda-feira adiar um aumento planejado no número de torcedores permitidos dentro dos estádios após o ressurgimento dos casos de coronavírus no Japão.

A liga decidiu adiar o aumento do número máximo de espectadores de 5.000 por jogo para 50% da capacidade do estádio a partir de 1º de agosto, durante uma reunião on-line de executivos da equipe.


A liga planeja manter o limite atual até pelo menos 10 de agosto. Também adiará a admissão de torcedores e a suspensão temporária da venda de álcool nos estádios.


Ele revisará seus planos na próxima segunda-feira, na próxima reunião do painel médico especializado formado em conjunto com a Nippon Professional Baseball, para responder à crise do coronavírus.


Enquanto a liga até agora seguiu amplamente as recomendações do governo sobre medidas de segurança contra o coronavírus, a decisão mais recente levou em consideração o forte sentimento do público, segundo Mitsuru Murai, presidente da J-League.

"A situação parece muito séria. O público parece querer um alto grau de cautela", disse Murai.


Enquanto alguns clubes estão operando com prejuízo sob os limites atuais de espectadores, não houve objeções a adiar o aumento.