1/3

J-League busca compensação por estado de emergência


JAPÃO - A J-League vai buscar uma compensação do governo japonês pelas perdas resultantes do estado de emergência do coronavírus, durante o qual vários estádios serão fechados aos fãs, disse o presidente Mitsuru Murai na terça-feira.


Em uma coletiva de imprensa após uma reunião do conselho da liga, Murai disse que a J-League "trabalharia com o governo" para limitar o impacto financeiro das medidas de emergência.


"Vamos pedir uma compensação depois de calcular as perdas com o reembolso de ingressos e a realização de jogos sem espectadores", disse Murai.


A liga realizará 11 jogos a portas fechadas em Tóquio e em partes do oeste do Japão que experimentaram um surto de infecções durante o estado de emergência até 11 de maio.


A J-League tem coordenado medidas de segurança contra o coronavírus em estádios em conjunto com a Nippon Professional Baseball. Não houve suspeita de surto em locais de jogo na última temporada, durante a qual 1.042 partidas aconteceram com espectadores presentes.


Murai disse entender a posição do governo, mas sentiu que a experiência da última temporada mostrou que a liga é capaz de realizar jogos com segurança.


"Provamos que os espectadores podem ser recebidos em estádios com segurança. Se eu tivesse comunicado nossa posição de forma mais convincente ao público, poderia ter feito a diferença", disse ele.