1/3

Japão anuncia a suspensão da venda de ingressos em virtude da pandemia


JAPÃO - A Associação de Futebol do Japão decidiu na quinta-feira interromper a venda de ingressos para a Copa do Imperador e campeonatos nacionais de ensino médio, depois que o governo retificou os limites de entrada para eventos de grande escala em resposta ao aumento do número de infecções por coronavírus.


Os ingressos já vendidos para as semifinais da Copa do Imperador no domingo e final no dia 1º de janeiro continuam válidos, embora os pedidos de reembolso sejam aceitos até um dia antes das respectivas partidas.


Em princípio, o número de espectadores deve ser limitado a 5.000 para locais com capacidade superior a 10.000 até 11 de janeiro. O público pode exceder o limite no caso de ingressos vendidos antes da reintrodução do limite.


Segundo informações, cerca de 16.000 ingressos foram colocados no mercado para a final da Copa do Imperador no Estádio Nacional com capacidade para 60.000, com cerca de 10.000 e 7.000 circulando, respectivamente, para as semifinais no Estádio Todoroki de Kawasaki e no Estádio Panasonic Suita de Osaka.


A participação no campeonato nacional de ensino médio, que começa no Estádio Saitama na véspera do Ano Novo, será limitada aos pais e funcionários da escola. Os ingressos de admissão geral seriam vendidos apenas para as semifinais em 9 de janeiro e a final dois dias depois.


Cerca de 26.000 espectadores com ingressos para a final da Copa Levain, esgotada em 4 de janeiro, entre Kashiwa Reysol e FC Tokyo, no Estádio Nacional, poderão comparecer, de acordo com a J-League.


A partida foi adiada para 7 de novembro depois que vários jogadores e equipe do Kashiwa testaram positivo para o coronavírus.