1/3

Japão aumentará capacidade em 30% para pacientes com COVID-19 até o fim de novembro


JAPÃO - Japão planeja aumentar a capacidade do hospital para pacientes com COVID-19 até o final de novembro para acomodar cerca de 36.000 pessoas, um aumento de 30% em comparação com o nível em meio a um ressurgimento do vírus neste verão.


As medidas do governo de combate a pandemia, que serão finalizadas na sexta-feira, também incluem planos para fornecer vacinas para crianças menores de 12 anos. Em caso de nova onda de infecções, exames gratuitos serão realizados para os casos assintomáticos, o fontes disseram.


Durante o pico da quinta onda de infecções do país neste verão, cerca de 28.000 pessoas precisaram ser hospitalizadas.


A partir de dezembro, o Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência divulgará mensalmente a taxa de ocupação dos leitos de cada instituição médica. Os hospitais são obrigados a inserir esses dados no sistema do ministério se desejam receber subsídios do governo, de acordo com as fontes.


No caso de uma variante do coronavírus três vezes mais contagiosa do que uma cepa existente se espalhar no Japão, o governo central pedirá às áreas não gravemente afetadas que enviem equipes médicas para apoiar áreas onde surgem infecções, disseram eles.


Também solicitará o cancelamento de eventos e o fechamento temporário de restaurantes, além de instar as operadoras a reduzirem os serviços de transporte e as pessoas a evitarem sair para conter infecções.