1/3

Japão conhece seu primeiro medalhista dourado no judô


JAPÃO - O judoca Naohisa Takato conquistou a primeira medalha de ouro, batendo o taiwanês Yang Yung-wei na final masculina de 60 quilos.


Sua vitória veio logo depois que a judoca Funa Tonaki ganhou a primeira medalha japonesa em jogos, uma prata, após perder para Distria Krasniqi, de Kosovo, na final feminina até 48 kg.


Takato, bronze no Rio, venceu Yang no placar de ouro na prorrogação no Nippon Budokan, depois que o taiwanês foi desclassificado por receber um terceiro shidô.


Takato manteve um plano de luta disciplinado, embora cauteloso, para vencer uma final um tanto anti-climática. No final, todas as três vitórias nas quartas de final em diante vieram em um placar de ouro de morte súbita.


"Eu acho que hoje é o resultado de todo o apoio que recebi até agora. Eu realmente tenho dificultado muito o técnico (Kosei) Inoue, então estou feliz por ter conseguido esse resultado hoje", disse Takato.


O tricampeão mundial disse que a importância de ganhar a primeira medalha de ouro do Japão ainda não atingiu o alvo.


"Não consigo pensar em nada agora, mas estou muito grato que as Olimpíadas de Tóquio puderam ser realizadas", disse ele.


Takato garantiu sua vaga na final ao vencer o medalhista de prata carioca Yeldos Smetov, do Cazaquistão, nas semifinais, conquistando uma vitória por placar de ouro por waza-ari após mais de sete minutos da prorrogação.


Mais cedo, ele derrotou o georgiano Lukhumi Chkhvimiani na prorrogação nas quartas de final, quando o atual campeão mundial cometeu uma terceira falta decisiva para a partida.


Com sua vitória histórica ocorrendo a portas fechadas no Nippon Budokan, Takato agradeceu aos fãs que assistiam em casa pelo apoio.


“Não consegui ter uma grande vitória decisiva, mas este é o meu judô. Só quero agradecer a todos que torceram por mim. Quero aprimorar minhas técnicas como medalhista de ouro”, disse.