1/3

Japão conquista medalha dourada no esgrima masculino por equipes


JAPÃO - Yuki Ota, o primeiro medalhista olímpico de esgrima do Japão e ex-chefe da federação de esgrima do país, considerou a primeira medalha de ouro de esgrima do Japão na sexta-feira um verdadeiro avanço.


Embora Ota tenha ganhado as duas medalhas olímpicas anteriores de esgrima do Japão, em 2008 e 2012, ele considerou a espada de ouro masculina nos Jogos Olímpicos de Tóquio o verdadeiro avanço.


"Eles ganharam o tipo de medalha essencial para espalhar a popularidade da esgrima no Japão. Esta medalha de ouro é o prêmio final", disse Ota, que comandou a Federação Japonesa de Esgrima de 2017 até este ano. "Nada é melhor do que isso."


O quarteto, Koki Kano, Kazuyasu Minobe, Masaru Yamada e Satoru Uyama, a oitava sementes em um campo de nove equipes, começou devagar, mas entregou uma vitória convincente de 45-36 sobre o quarteto russo.


O Japão recuperou-se para vencer os EUA na estreia do torneio, mas depois surpreendeu a França nas quartas de final.


"Foi bom termos vencido uma primeira partida difícil (contra os Estados Unidos), nos reconfigurado mentalmente, suado e enfrentado a França a todo vapor", disse Ota.


Minobe, o mais velho estadista do time aos 34 anos, perdeu suas duas lutas contra os Estados Unidos, mas suas contribuições não foram esquecidas por Ota depois que seus companheiros mais jovens tomaram o controle da competição. "Minobe é quem fez desta equipe o que ela é."