1/3

Japão deixa o bronze escapar no futebol masculino para o México


JAPÃO - As esperanças do Japão de acabar com uma seca de 53 anos de medalhas no futebol olímpico masculino foram dilaceradas pela seleção mexicana após perder por 3 a 1 em Saitama.


O Japão almejava conquistar sua primeira medalha desde que conquistou o bronze nos Jogos do México de 1968, quando derrotou o México por 2 a 0, mas foram os mexicanos que se vingaram nessa ocasião.


O México abriu dois gols, sendo um de pênalti e outro partindo de uma cobrança de falta numa cabeçada direto ao gol de Tani. O terceiro gol, no segundo tempo, partiu de um escanteio através de uma cabeçada direto a baliza nipônica.


O Japão finalizou mais do que o México durante o jogo inteiro, podendo ter feito mais do que um gol apenas, feito por Mitoma.


Hajime Moriyasu, anteriormente, havia dito que a seleção em si, estava boa, mas faltava eficiências em suas finalizações, problemas relatados e reclamados há mais de 2 anos pela torcida e jornalistas que acompanham a seleção japonesa de perto.


Por outro lado, os Samurais Blues voltaram a alcançar o posto que não conquistava há quase 10 anos, desde Londres 2012, quando perdeu o bronze para a Coréia do Sul. Nos Jogos do Rio, apesar de terem lutado de igual para igual, acabaram ficando de fora na fase de grupos.


O Japão fecha a olimpíada no futebol masculino, com quatro vitórias e duas derrotas, sendo uma para a Espanha que enfrentará o Brasil no sábado, e pelo México, adversário já derrotado na fase de grupos pelo próprio Japão.