1/3

Japão exorta cidadãos a retirarem-se de Gaza à medida que o conflito se intensifica


JAPÃO - O governo japonês disse na segunda-feira que instou seus cidadãos na Faixa de Gaza e áreas vizinhas a evacuarem imediatamente, à medida que os confrontos entre o grupo militante Hamas e Israel se intensificam.


O Ministério das Relações Exteriores elevou no domingo sua assessoria de viagens a Gaza para o mais alto Nível 4, que também alerta os japoneses para evitar todas as viagens para as áreas, independentemente do propósito.


O aviso veio em um momento em que os ataques aéreos dos militares israelenses continuam em resposta aos ataques com foguetes do Hamas, que efetivamente controla Gaza.


"Uma situação volátil continuará, já que as tropas terrestres (israelenses) podem invadir", disse o consultor.


Seria difícil para a embaixada japonesa em Israel agir rapidamente para ajudar os cidadãos japoneses, já que os movimentos estão sendo restritos nos postos de controle de Israel, disse o ministério.


O ministério emitiu pela última vez um aviso de evacuação da Faixa de Gaza após a invasão terrestre dos militares israelenses na área em julho de 2014.


Em 12 de maio, o ministério emitiu informações de segurança de curto prazo sobre Gaza e suas áreas circundantes, solicitando que os japoneses se abstenham de visitá-los, enquanto mantém o alerta de viagens no Nível 3, que alerta contra todas as viagens, independentemente do propósito.