top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Jornalista chinesa que foi presa enquanto cobria pandemia em Wuhan é finalmente libertada após 4 anos

Zhang Zhan, uma jornalista chinesa condenada a quatro anos de prisão em 2020 por divulgar informações, que o governo chinês considerou como "falsas", sobre o surto de COVID-19 em Wuhan, foi libertada, conforme informaram seus apoiadores.


Zhang, de 40 anos, foi levada pela polícia para a casa de seu irmão mais velho em Xangai e agora tem liberdade limitada. Em um vídeo publicado no Twitter, ela agradeceu o apoio recebido, visivelmente emocionada.


Condenada pelo governo comunista por perturbação da ordem pública, Zhang foi acusada de "disseminar mentiras" e falar com a mídia estrangeira com "intenção maliciosa".


Após sua libertação, o Departamento de Estado dos EUA expressou preocupação com seu desaparecimento e pediu que Pequim respeite seus direitos humanos. A organização Repórteres Sem Fronteiras também manifestou preocupação com a contínua vigilância sobre Zhang.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page