top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Komatsu registra o dia mais quente da história ao atingir 40 graus

ISHIKAWA - O clima no Japão atingiu níveis extremos, com a cidade de Komatsu alcançando a marca recorde de 40ºC, tornando-se o dia mais quente já registrado na região em toda a história.


A previsão é de que o calor intenso continue no próximo dia, e o Serviço Meteorológico e o Ministério do Meio Ambiente emitiram o "Alerta de Insolação" pelo 11º dia consecutivo, exortando à vigilância extrema.


De acordo com a JMA, o fenômeno conhecido como "Föhn" ocorreu na província devido ao movimento do tufão nº6 em direção ao norte, elevando consideravelmente as temperaturas.


Em Komatsu, a temperatura alcançou 40 graus por volta das 15h, ultrapassando o recorde histórico anterior de 39 graus registrado na semana anterior. O último registro de 40 graus no Japão foi observado em 5 de agosto, na cidade de Date, em Fukushima.


Outras cidades também sentiram o calor escaldante:

Hakui - 38,7ºC

Kanazawa - 38,3ºC

Nanao - 38,1ºC

Nakatsuhara e Kaga - 37,6ºC.


Dentre 11 pontos de observação na província, oito alcançaram a temperatura mais alta do ano.


Apesar da expectativa de que o efeito do fenômeno "Föhn" diminua gradualmente, as altas temperaturas persistirão, com previsões de máximas de 36 graus em Kanazawa e 35 graus em Wajima durante o dia 11.


Com o contínuo risco de insolação, a JMA e o Ministério do Meio Ambiente emitiram o "Alerta de Insolação" pelo 11º dia consecutivo, pedindo que as pessoas estejam atentas e tomem precauções, evitando saídas desnecessárias, ajustando adequadamente a temperatura interna com ar-condicionado e ingerindo líquidos regularmente, mesmo que não sintam sede.


Casos de Insolação: 1 Óbito e 12 Hospitalizados


Em meio à onda de calor implacável, um homem em seus 50 anos foi encontrado morto em sua residência em Tsuhata, suspeita-se que tenha sido vítima de insolação.


De acordo com os bombeiros, por volta das 12h30 do dia 10, uma chamada de emergência foi feita reportando um homem inconsciente em uma casa em Tsuhata.


Ele foi levado ao hospital, mas foi confirmado seu óbito. As suspeitas apontam para insolação como a causa.


Além disso, até as 17h do dia 10, pelo menos 12 pessoas foram hospitalizadas suspeitas de insolação. Entre esses casos, dois foram considerados moderados e dez leves.

Posts recentes

Ver tudo

© Grupo Mirai/TSJ 2023. Todos os direitos reservados

bottom of page