top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Mulher é condenada a 3 anos de prisão por incêndio durante discussão que acabou matando o filho

WAKAYAMA - A Corte Distrital de Wakayama condenou uma mulher de 50 anos por incendiar sua casa após uma briga com seu marido, resultando na morte de seu filho de 20 anos.


Ela foi considerada culpada por homicídio culposo agravado e incêndio criminoso, recebendo uma sentença de três anos de prisão e reclusão de cinco anos.


O incidente ocorreu em janeiro deste ano na cidade de Wakayama, quando o casal discutiu por questões financeiras. Posteriormente, o marido espalhou querosene na sala de estar no térreo, e a esposa ateou fogo ao sofá com um isqueiro. O fogo se espalhou rapidamente, resultando na morte de seu filho de 20 anos, que estava no segundo andar da casa.


No veredito, o juiz Osamu Matsui apontou que o marido provocou a esposa ao criar a discussão sobre a possibilidade de incendiar algo, e que o incêndio foi provocado pela esposa como resultado dessa provocação. O juiz enfatizou que o marido também teve sua parcela de responsabilidade, já que ele criou o contexto para o incidente.


Matsui afirmou: "A esposa ateou fogo em resposta à provocação do marido durante a discussão sobre dinheiro, resultando em graves consequências, incluindo a morte do filho. No entanto, considerando que o marido iniciou o conflito e instigou a esposa, não é justo atribuir toda a responsabilidade a ela."


No caso, o marido, de 36 anos, também foi condenado por crimes relacionados ao incêndio criminoso e foi sentenciado a uma multa de 500.000 ienes.

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page