top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Nikkei e Topix fecham em máximas históricas impulsionados por ganhos em tecnologia e finanças

Os índices Nikkei e Topix de Tóquio fecharam em máximas históricas nesta quarta-feira, impulsionados por ganhos em ações de tecnologia e finanças, com o otimismo econômico se espalhando. O Nikkei 225 subiu 251,82 pontos, ou 0,61%, encerrando em 41.831,99, enquanto o Topix avançou 13,65 pontos, ou 0.47%, terminando em 2.909,20.


No principal mercado Prime, os setores de seguros, instrumentos de precisão e valores mobiliários lideraram os ganhos. O dólar americano subiu para a faixa média de 161 ienes, devido à expectativa de que a diferença de taxa de juros entre os Estados Unidos e o Japão permaneça ampla, após o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, não dar indicações sobre o corte de juros durante seu depoimento no congresso na terça-feira.


Às 17h, o dólar estava em 161,49-51 ienes, comparado a 161,26-36 ienes em Nova York e 160,91-92 ienes em Tóquio na terça-feira. O euro foi cotado a $1,0816-0817 e 174,67-71 ienes, contra $1,0809-0819 e 174,38-48 ienes em Nova York e $1,0817-0818 e 174,06-10 ienes em Tóquio na tarde de terça-feira.


O rendimento do título do governo japonês de 10 anos subiu 0,015 ponto percentual em relação ao fechamento de terça-feira, para 1,085%, com investidores vendendo títulos após a alta nos rendimentos dos Treasuries americanos.


No mercado de ações, as compras superaram as vendas para realização de lucros, com os investidores recebendo bem o discurso de Powell, que mencionou um esfriamento do mercado de trabalho dos EUA, alimentando esperanças de um corte de juros pelo Fed. "As expectativas aumentaram para um corte de juros em setembro após o depoimento de Powell", disse Shingo Ide, estrategista-chefe de ações do Instituto de Pesquisa NLI, acrescentando que a alta no índice Nasdaq ajudou a elevar algumas ações relacionadas a semicondutores no Japão.


Ações de seguros e bancos também foram procuradas, à medida que o aumento das taxas de juros de longo prazo no Japão aumentou a perspectiva de melhores ganhos. Corretores disseram que há espaço para novos avanços nas ações japonesas, já que as empresas devem apresentar resultados mais fortes do que o esperado para o trimestre de abril a junho, com os anúncios previstos para começar no final deste mês.


Como muitas empresas devem ter desempenhos robustos no trimestre, "há expectativas de que essas empresas revisem para cima seus lucros anuais completos quando anunciarem os resultados intermediários", disse Ide.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page