top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Novo presidente de Taiwan, Lai Ching-te, pede por fim de ameaças da China e defende a paz

O novo presidente de Taiwan, Lai Ching-te, em seu discurso inaugural, instou a China a cessar suas ameaças militares e políticas contra a ilha autogovernada, afirmando que a paz é a "única opção". Lai, que lidera o Partido Progressista Democrático (DPP), defensor da independência, comprometeu-se a "manter o status quo" nas relações com a China, pedindo a Pequim que compartilhe a responsabilidade de manter a paz no Estreito de Taiwan.


China, que considera Taiwan parte de seu território, tem intensificado sua pressão militar e econômica sobre a ilha. Lai apelou ao diálogo e à cooperação com a China, sob princípios de igualdade e dignidade, para promover a paz e a prosperidade mútua.


Durante a cerimônia de posse, que contou com a presença de mais de 500 convidados estrangeiros, incluindo parlamentares japoneses e ex-altos funcionários dos EUA, Lai também enfatizou a necessidade de Taiwan fortalecer suas capacidades de defesa e colaborar com outras democracias para garantir a paz global.


O governo chinês, por outro lado, através do porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, reafirmou sua oposição à independência de Taiwan, alertando que qualquer movimento separatista está "condenado ao fracasso".


O presidente Lai destacou a importância de Taiwan reforçar suas relações com países que defendem a democracia como os EUA e o Japão, que expressaram seu apoio à manutenção da paz e estabilidade na região.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page