top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Oficial sênior da Aeon é detido em Mianmar acusado por venda de arroz a preço alto

A operadora de supermercados japonesa Aeon informou que Hiroshi Kasamatsu, um oficial sênior de sua joint venture em Myanmar, foi detido junto com 10 outros por supostamente violar as regras de preço do arroz.


Kasamatsu, de 53 anos, funcionário da Aeon Orange, está sendo investigado por vender arroz a preços 50% a 70% mais altos do que os permitidos pelas autoridades militares do país.


A detenção ocorre apesar do Japão não ter imposto sanções contra o regime militar de Mianmar, ao contrário de países ocidentais. A embaixada japonesa está buscando a liberação antecipada de Kasamatsu e fornecendo apoio necessário à Aeon Orange.


A situação no país, que se deteriorou desde o golpe de fevereiro de 2021, levou a conflitos violentos e destabilização econômica, com a junta militar tentando controlar o mercado ao fixar preços de bens essenciais e taxas de câmbio.

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page