top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Peruano é condenado à prisão perpétua pelo assassinato de duas brasileiras

O Tribunal Distrital de Nagoya condenou Edgard Anthony La Rosa Vite, peruano de 37 anos, à prisão perpétua pelo assassinato de duas irmãs brasileiras, Akemy e Michelle Maruyama, ocorrido em dezembro de 2015 na cidade de Handa, em Aichi.


As vítimas, de 27 e 29 anos, foram encontradas carbonizadas em seu apartamento, com sinais de estrangulamento. O juiz descreveu o crime como de "consequências realmente graves" e destacou a relação tumultuada entre o réu e uma das vítimas.


Durante o julgamento, o peruano negou as acusações, mas evidências como a gasolina usada no incêndio, compatível com a encontrada no carro do réu, solidificaram sua conexão com o crime. Após o ocorrido, a guarda das duas filhas menores de Akemy foi concedida à avó materna, que vive no Brasil.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page