top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Pesquisa diz que mais da metade dos japoneses não se contenta com "desempenho de tempo"

Mais de 50% dos japoneses não estão à vontade com a recente tendência de enfatizar o "desempenho de tempo" em atividades de lazer e outras tarefas diárias, como assistir filmes em velocidade dobrada, revelou uma pesquisa recente da fabricante de relógios Seiko Group. A pesquisa online, realizada em abril com 1.200 pessoas de 15 a 69 anos, mostrou que 52,9% desaprovam a ideia de buscar satisfação no menor tempo possível, enquanto 40% se sentem forçados a seguir essa tendência.


Apesar disso, 60% acreditam que essa prática já está enraizada na sociedade. O termo "taipa", uma contração das palavras inglesas "time" e "performance", tornou-se popular no Japão em 2022. Embora 71,5% dos entrevistados queiram evitar perder tempo, 73,8% preferem dedicar tempo a atividades específicas. As situações mais comuns onde as pessoas buscam satisfação rápida incluem limpeza doméstica (37,8%), cozinhar (36,6%) e lavar roupa (36,5%).


Por outro lado, dormir (41,8%) e se comunicar com a família (39,5%) são atividades onde dedicar mais tempo é considerado importante. A Seiko observou que as pessoas estão se tornando mais seletivas em seguir essa tendência, marcando uma mudança significativa em relação à pesquisa do ano anterior, que mostrava uma ênfase maior em um amplo espectro de atividades.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page