top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Pesquisa diz que medidas protetivas contra a COVID-19 afetaram a saúde mental de 13% de estudantes

JAPÃO - Cerca de 13% dos estudantes do Ensino Fundamental e Médio no Japão afirmaram passar por situações de depressão em meio à pandemia.


É correto afirmar que as restrições e as medidas protetivas para evitar o contágio, como uso de máscaras e evitar conversar orais durante as refeições, devem ter afetado suas saúdes mentais.


A pesquisa ouviu 3 mil crianças desde a quinta série ao primeiro ano do Ensino Médio com cerca de 1900 respondendo os questionários em resultado divulgado no final de abril.


As tendências depressivas foram determinadas pelo monitoramento dos sintomas, incluindo a frequência de depressão, incapacidade de concentração e atos de automutilação.


A pesquisa descobriu que 13% dos entrevistados tinham sintomas moderados a mais graves que justificariam uma visita a um hospital.


O número foi maior do que os 6% vistos em 2020 e 11% em 2021, embora as notas cobertas fossem diferentes nas pesquisas anteriores, disse.


Mesmo que as restrições da Covid-19 tenham sido aliviadas desde então, o instituto alertou que algumas crianças precisariam de tempo para se recuperar mental e fisicamente.


"Os adultos precisam estar atentos às crianças ainda mais do que o normal e ouvi-las", disse Naho Morisaki, chefe do Departamento de Medicina Social do centro.


O centro planeja continuar seu estudo sobre o efeito da pandemia na saúde das crianças, disse.

Posts recentes

Ver tudo

Ex-imperatriz Michiko testa positivo para COVID-19

A ex-imperatriz Michiko, de 89 anos, testou positivo para o novo coronavírus e apresenta sintomas leves, incluindo tosse e desconforto na garganta. Ela está se recuperando em sua residência, o Palácio

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page