top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Presidente de subsidiária da ENEOS é demitido por assédio sexual

O presidente da Japan Renewable, subsidiária da ENEOS, foi demitido por assédio sexual, tornando-se o terceiro caso dentro do grupo corporativo desde 2022.


Shigeru Yasu foi acusado de assediar uma mulher durante um evento social, de acordo com a empresa. Esta é a terceira vez que um alto executivo é demitido por comportamento inadequado dentro da empresa desde o ano retrasado.


A empresa afirmou que "lamenta profundamente" o ocorrido e reforçou seu compromisso com um ambiente de trabalho seguro e respeitoso.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page