top of page
1665608300863 (1).png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Reservas online e taxas de entrada serão implementadas para subir o Monte Fuji

O governo de Yamanashi anunciou que introduzirá reservas online para visitantes que desejam subir o Monte Fuji pela trilha mais utilizada, situada na própria província.


O novo sistema, que começará às 22h do dia 20 de maio, tem o objetivo de aliviar a congestão no ponto de recepção, permitindo que os alpinistas paguem antecipadamente 2000 ienes ($13).


Como a província aceita um máximo de 4000 alpinistas por dia, 3000 vagas estarão disponíveis via reserva online, enquanto pelo menos 1000 visitantes poderão acessar pagando as taxas no local de recepção da trilha no dia da escalada.


As reservas podem ser feitas no site oficial de escalada do Monte Fuji, operado pela província e outras partes interessadas, até o dia anterior à escalada, com até 100 pessoas permitidas por reserva.


Os pagamentos podem ser feitos por cartão de crédito ou código QR, e não serão feitos reembolsos, em princípio. O Monte Fuji geralmente está aberto para alpinistas de julho ao início de setembro.


Além disso, neste verão, a província de Yamanashi instalará um portão no 5º estação para fechar a trilha entre as 16h e as 3h, com a única exceção sendo para aqueles que fizeram reservas antecipadas e devem pernoitar em cabanas para evitar escaladas não autorizadas.


A província de Shizuoka, que tem três trilhas do Monte Fuji, não cobrará taxas além da já existente para fins de conservação, mas lançará um sistema de pré-registro para buscar alpinistas dispostos a informar seus planos de escalada como parte de um teste de gerenciamento de entrada.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


© TSJ 2024. Todos os direitos reservados

bottom of page