1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Sargento da polícia é preso acusado de fazer garota enviar fotos estando nua


OSAKA - Um sargento da polícia foi preso pela polícia de Wakayama por acusação de fazer uma garota tirar fotos nua e enviá-las para ele.


Takafumi Kido, de 38 anos, da cidade de Hashimoto, província de Wakayama, é sargento da divisão regional da Delegacia de Polícia de Nishinari, em Osaka. Ele foi preso por suspeita de violar a lei de pornografia infantil do Japão.


Kido é acusado de forçar o adolescente a tirar as fotos nuas e enviá-las no início de outubro de 2020. Em interrogatório, ele admitiu as acusações.


De acordo com a divisão juvenil da Polícia Municipal de Wakayama, o envolvimento de Kido foi descoberto durante uma investigação sobre outro caso de pornografia infantil.


O sargento aparentemente mandou a garota enviar as fotos para ele no mesmo dia em que se conheceram nas redes sociais, e os dois continuaram a entrar em contato nas redes sociais por cerca de um mês depois disso.


Shuji Tabata, chefe do escritório de auditoria da Polícia Municipal de Osaka emitiu um comunicado dizendo: "A prisão é realmente lamentável. Com base nos resultados da investigação, tomaremos medidas rigorosas e forneceremos orientações minuciosas."