1650382760548_edited.png

JORNALISMO SIMPLES E DIRETO | O dia a dia do Japão

Radio Mirai (Branco).png
1650382760548.png

1/3

Serviços de transporte urbano e aéreo no Japão são afetados pelo tufão


JAPÃO - Nesta segunda-feira, os serviços ferroviários de shinkansens e trens convencionais foram suspensos em virtude do tufão em quase todo o país.


Não só pelas ferrovias, mas pelos ares, o serviço aéreo também foi afetado. Com mais de 700 voos, só pela Japan Airlines e All Nippon Airways, foram cancelados. O mesmo valeu para outras companhias aéreas que também fizeram bruscas mudanças em seus voos.


Kyushu Shinkansen

Todos os serviços do Kyushu Shinkansen foram suspensos desde a primeira partida.


Sanyo Shinkansen

O Sanyo Shinkansen suspendeu as operações nas linhas superior e inferior entre as Estações Hakata e Hiroshima desde a primeira partida. A linha entre Hiroshima e Shin-Osaka funcionará com um número reduzido de trens desde a primeira partida, e será cancelada gradualmente a partir das 14h.


Tokaido Shinkansen

O Tokaido Shinkansen vai suspender as operações nas linhas superior e inferior da linha Shin-Osaka/Nagoya por volta das 16h. O número de trens na linha Nagoya/Tóquio também será significativamente reduzido.


É provável que todos os shinkansens de Tokaido sejam suspensos ou tenham seus destinos alterados desde a primeira partida até por volta das 9h da manhã de amanhã, dia 20.


Linhas convencionais em Kyushu

Todas as linhas convencionais da JR Kyushu foram suspensas a partir da primeira partida.


Linhas convencionais na área de Keihanshin

A JR Oeste decidiu fazer cancelamentos planejados em todas as linhas convencionais na área de Keihanshin. A maioria destas linhas, incluindo JR Quioto, Kobe Line e Osaka Loop Line, suspenderão as operações a partir da noite e durante todo o dia. Antes disso, o número de trens será reduzido gradualmente por volta do meio-dia.


Por outro lado, algumas linhas e trechos foram cancelados a partir da manhã, incluindo a Linha Kosei entre as estações Wani e Omi Shiotsu e a Linha Wadamisaki por volta das 7h, e a Linha Ako entre as estações Aioi e Banshu-Ako será cancelado por volta das 11h, durante todo o dia.


Além disso, um total de 166 trens expressos limitados de e para a área de Keihanshin foram suspensos a partir da manhã.


Ferrovias privadas na região de Kansai


Keihan Electric Railway

A Keihan decidiu implementar os cancelamentos de serviços planejados em suas linhas Keihan e Otsu, e todos os trens serão suspensos por volta das 21h.


Sanyo Electric Railway

A Sanyo, que opera em Hyogo, suspenderá as operações em suas linhas superiores e inferiores entre a Higashi Suma e a Sanyo Himeji, e em todas as linhas da Aboshi por volta das 18h.


Outras ferrovias privadas também são instadas a prestar atenção às últimas informações, uma vez que as operações podem ser canceladas.


Em Chugoku


HIROSHIMA

Quase todas as linhas convencionais da JR estarão fechadas o dia inteiro a partir da primeira partida.


As linhas que foram fechadas a partir da primeira partida são:

A Linha Principal de Sanyo: Mihara/Shimonoseki, Yamaguchi.

A Linha Fushio: Fuchu/Shiomachi, na cidade de Miyoshi.

A Linha Kure: Kabe/Geibi, todas elas são linhas completas.


Além disso, a linha Astram e os bondes ferroviários elétricos de Hiroshima também serão suspensos a partir da primeira partida.


OKAYAMA

Todas as linhas serão fechadas a partir da primeira partida: Sanyo Main, Tsuyama, Momotaro e Seto-ohashi, serão fechadas no fim da tarde, a partir das 18h.


Além disso, há a possibilidade de que as operações sejam canceladas a partir do primeiro trem também na terça.


YAMAGUCHI

Todas as linhas convencionais serão fechadas desde a primeira partida até o final do dia.


A ferrovia Kinkawa, que passa por Iwakuni, também será fechada a partir da primeira partida.


SHIMANE

Todas as linhas convencionais serão fechadas entre as Estações Nishi-Izumo e Masuda desde a primeira partida até o final do dia.


Os últimos trens do expresso limitado Yakumo entre Izumo e Okayama, serão os trens ascendentes que partem da estação da cidade às 14h33 e os trens que partem de Okayama às 17h05, respectivamente, e serão suspensos depois disso.


Todos os trens da linha Ichibata entre Matsue e Izumo serão suspensos a partir da primeira partida.


TOTTORI

Nas linhas convencionais, a Linha Principal de San'in entre a Tottori e Higashihama, será cancelada após o meio-dia na linha superior e após as 13h na linha inferior.

A Linha Hakubi Yonago/Niimi, Okayama, será cancelada à noite e mais tarde. Os serviços expressos limitados também serão cancelados dependendo da hora e de outros fatores.


Além disso, a Linha Chizu Kyuko anunciou que alguns trens expressos limitados serão cancelados e os trens regulares também poderão ser suspensos dependendo da operação da JR.


O serviço ferroviário e outras empresas do ramo estão incitando as pessoas a verificar as informações em seus websites para obter as informações mais recentes.


As linhas convencionais de Shikoku

A JR Shikoku decidiu cancelar todos os serviços limitados de trem expresso desde a primeira partida para o dia inteiro, e também cancelar os serviços regulares em todas as linhas de Ehime, e em algumas linhas de Kochi, Kagawa e Tokushima, e por volta das 15h.



Informações sobre os voos

Desde as 4h30, um total de 770 voos foram cancelados, incluindo 454 pela JAL para Kyushu, Shikoku e Chugoku, e 316 pela ANA para Shikoku, Kansai e Chugoku.


Além disso, 19 voos programados da ANA para amanhã também foram cancelados.


Outras companhias aéreas também cancelaram voos entre os dias 19 e 20, principalmente com destino a Kyushu e Shikoku.


De acordo com as companhias aéreas, dependendo da situação, o status do voo pode mudar a qualquer momento. Em virtude disso, as empresas pedem aos clientes para verificar as informações em seus sites.



Os ônibus também não ficaram isentos

A Nishitetsu decidiu suspender as operações em todas as rotas desde a primeira viagem, e algumas rotas já decidiram suspender as operações durante o dia inteiro.


Muitas linhas de ônibus expressos que conectam várias partes da Região de Chugoku com Tóquio, Kansai e outras cidades no Japão também foram suspensas.